1
09/12/2016

BIÓPSIA LIQUIDA

f compartilhe
BIÓPSIA LIQUIDA

Biópsia líquida.

A dificuldade de acessar as diferentes populações de células tumorais por biópsia convencional é um dos maiores desafios no cuidado contínuo e monitoramento do câncer. Como solução, realiza-se a análise de DNA tumoral circulante, a biópsia líquida ,método minimamente invasivo: análise realizada em amostra de sangue periférico.

Sensibilidade e assertividade: permite a identificação de mutações no momento em que elas surgem.

Tratamento personalizado: auxílio na escolha do medicamento com melhor resposta de acordo com o estudo individualizado do gene. Acompanhamento contínuo: pode ser aplicado, além da detecção inicial do tumor, durante o prognóstico e o monitoramento da resposta ao tratamento. Maior disponibilidade de amostra: pode ser usado em casos de esgotamento de material ou baixa porcentagem de células viáveis na amostra tumoral sólida em bloco de parafina.



Whastapp Email
Em que posso ajudar?